Como doar leite materno | Maternamos
maternamos-amamentacao-como-doar-leite-materno

Como doar leite materno e espalhar amor

Doar leite materno é uma experiência muito gratificante! Para mim, é uma forma de amar não apenas o meu próprio bebê, mas os bebês das outras pessoas. E mais que isso… Doar leite é uma forma de agradecer ao Universo pelo leite que você tem para alimentar seu filho. Com certeza foi uma das melhores coisas que eu já fiz na vida.

Mas como se faz isso?

Para doar leite, precisamos primeiro vencer o medo de que nosso bebê vai ficar com menos leite à disposição do que deveria. Eu tinha muito esse medo: será que meu bebê vai passar fome se eu doar leite? Mas eu resolvi arriscar e com a prática eu descobri umas coisinhas que me ajudaram muito, e eu espero que te ajudem também!

A primeira coisa que você pode fazer é observar em quais momentos do dia o seu seio fica mais cheio, duro ou vaza com facilidade. Nos primeiros meses de vida do bebê, isso acontece bastante (depois a produção se adapta à demanda e existe menos “sobra”). Então repare em quais momentos isso acontece com você. No meu caso, era principalmente de manhã, pois os seios enchiam muito de madrugada e o bebê não dava conta de mamar tudo.

A primeira dica é tirar leite depois de amamentar seu filho. Eu comecei a tirar leite todo dia de manhã no seio que estava mais cheio, ou até nos dois. Se isso voltar a acontecer no mesmo dia, pode tirar de novo sem problemas.

Quando eu ficava em dúvida, eu tirava leite de apenas um dos seios. Dessa forma, eu sabia que teria um dos seios mais cheios se o meu filho quisesse mamar. Mas atenção! O seio não é um armazém de leite, ele é uma fábrica.

Então, na pior das hipóteses, o seu filho vai mamar um seio vazio, mas este seio vai produzir leite à medida que o bebê mama. Acontece que oferecer um seio vazio é mais desconfortável para a mãe (pelo menos para mim era assim). Então eu preferia deixar um seio mais cheio por isso também.

Eu usava uma bombinha elétrica para tirar o leite, e chegava a sair 30 ml ou até 120 ml de um seio, a depender do momento. Mas eu queria te explicar o seguinte: não desista de doar leite só porque você consegue extrair pouca quantidade! Para você ter ideia, um recém-nascido prematuro que esteja na Unidada Intensiva de Tratamento (UTI) toma apenas 3 ml por refeição. Então 30 ml são dez refeições! É coisa para caramba!

Extrair manualmente também é possível, mas eu acredito que fica mais fácil se o seio estiver bem cheio! Aí apertando você consegue tirar ok. Com ele “mais ou menos” cheio não é tão fácil extrair manualmente.

Ficou animada? Então procure o banco de leite da sua cidade. Eles levam as embalagens esterelizadas para você e buscam seu leite uma vez por semana. Enquanto isso, você deve armazenar no freezer. O banco de leite vai te passar todos os detalhes de higiene e armazenamento. Onde eu moro (Maringá-PR) eu até recebi uma visita para fazer a minha ficha!

Eu tirava um a três potes de leite por semana. Dependia mais da minha disposição (de arrumar tempo ou de ter quem fique 15 minutos com bebê) do que de qualquer outra coisa. E gente, a sensação de ver aqueles potes de leite indo embora, para ajudar algum bebê em apuros, é maravilhosa. Vale a pena!

E você, se anima? Eu gravei um vídeo para falar sobre isso na época em que eu tinha bastante excesso de leite, dá uma olhada!

No Comments

Post a Comment