Cuidar da casa e dar atenção ao mesmo tempo | Maternamos
maternamos-criacao-cuidar-da-casa-dar-atencao

Cuidar da casa e dar atenção ao mesmo tempo

Muita gente me pergunta como está sendo cuidar do meu filho mais velho Júlio (de 2 anos) estando grávida! Com certeza o que mais pega é a questão do colo, aos poucos tenho ficado menos tempo com ele no colo porque não aguento, sinto que pressiona demais a barriga! Mas tem uma coisa tem me ajudado muito a conciliar os dois filhos neste momento especial e eu quero compartilhar com vocês, pois é algo útil até mesmo para quem só tem um filho. E essa “coisa” é integrar o meu filho maior nas minhas atividades domésticas, cada vez mais!

Até pouco tempo atrás, eu ficava dividida entre fazer as coisas da casa e ficar com ele, e era sempre bastante sofrido quando eu precisava cozinhar ou pendurar roupa, porque ele ficava pedindo atenção e eu me sentia super culpada. Como ele está cada vez mais esperto, fui percebendo que existem várias atividades da casa que ele consegue fazer junto ou, pelo menos, brincar junto. O segredo é ele se sentir parte do que eu estou fazendo. Quando isso acontece, ele fica super tranquilo, a brincadeira flui e as minhas tarefas também.

Então vamos a alguns exemplos! Quando preciso mexer com a roupa (colocar na máquina, tirar do varal), eu coloco um tapetinho para ele ficar no chão e dou um monte de pregadores de roupa para ele brincar. Você pode dar potes vazios e a criança vai colocando os pregadores em diferentes potes, ou pode ensinar a prender um pregador no outro. São muuuitas brincadeiras simples que distraem bastante! Quando ele está disposto, já brincamos de ele ir me dando os pregadores conforme eu estendo a roupa. É ótimo porque ele se sente importante e está realmente me ajudando. Quando tiro roupa do varal, muitas vezes eu peço para ele levar algumas peças para o quarto dele e deixar sobre a cama, e ele adora, faz direitinho!

Outra atividade gostosa é a cozinha. Acostumei meu filho a irmos no quarto dele escolher alguns brinquedos, que levamos para a mesa da cozinha. Ele fica brincando enquanto eu preparo a comida, mas eu continuo conversando com ele e dando uma atenção sempre que ele tem uma dificuldade ou quando ele quer me mostrar alguma coisa. Um detalhe muuuito importante para nós na hora da cozinha é a música. Comprei uma caixinha de som que pega as músicas do celular (tem muitas opções baratas na internet) e ficamos ouvindo as músicas que ele gosta. O tempo passa bem mais rápido e fica um momento gostoso para os dois.

Quando vou preparar alguma coisa simples, deixo ele ajudar, conforme o que ele consegue. Por exemplo, deixo ele colocar alguns ingredientes dentro do liquidificador (bem longe da tomada e com supervisão, claro). Dá uma sujadinha a mais, mas como eu fiz BLW com ele, já estou vacinada (rsrsrs).

Você pode começar as brincadeiras na cozinha com os brinquedos que tenham relação com comida… Eu fazia isso, pegava as frutinhas de brinquedo e colocava com as frutas de verdade, para ele acertar qual era qual. Potes vazios também divertem bastante nessa hora. Mas com o tempo fomos diversificando, e cada dia ele brinca de uma coisa diferente: seja massinha, quebra-cabeças, carrinho. O “segredo” é não parar de dar atenção, continuar conversando ou curtindo a música junto. Pois assim eles não se sentem sozinhos. E com certeza é uma distração mais saudável do que o desenho animado ou outra tecnologia.

Também vamos juntos ao mercado, e sempre deixo ele carregar uma sacolinha na volta. Percebo que ele retorna para casa muito mais tranquilo e focado quando ele tem esta “missão” de me ajudar a levar as compras.

Eu confesso que, para mim, é mil vezes mais prazeroso fazer tudo com ele junto! Quanto menor a criança, mais difícil é fazer esta integração, mas acredito que  podemos sempre tentar fazer isso de diferentes formas. Agora que tenho um bebê a caminho, vou começar mais cedo este processo de inclusão, pois tem sido delicioso.

Detalhe importante: Trabalho mesmo (remunerado), de sentar no computador, só consigo fazer com ele na escola! Porque quando ele me vê concentrada já quer colo, ou quer mexer no computador, e não tem jeito meeeesmo de conciliar.

Espero que estas dicas tenham te ajudado. Até breve!

No Comments

Post a Comment