Gravidez e a redescoberta do corpo | Maternamos
yogamom-evitar-pernas-inchadas

Gravidez e a redescoberta do corpo

Sempre valorizei muito a mente e o espírito e deixei o meu corpo de lado! Achava que o corpo era menos importante, que se preocupar muito com o corpo fosse futilidade. Afinal, ele envelhece e acaba, enquanto nossa essência continua. Hoje eu penso muito diferente, e com certeza as gestações dos meus dois filhos (sendo que uma ainda está rolando) foram essenciais neste processo.

Quando eu era mais jovem (tinha uns 25 anos), eu tive um câncer de tireoide e isso abalou bastante a minha auto-estima em relação ao meu corpo. De certa forma eu concluí que meu corpo não era forte nem saudável. Precisei viver a gravidez e o parto para perceber o quanto eu tinha saúde – e muita – e quanto o meu corpo é uma criação também divina e poderosa. Assim como a mente, ou o espírito (como você preferir chamar).

Ter gerado uma vida e depois ter dado a luz mudou tudo na minha relação com meu corpo. Passei a ser muito grata a ele, passei a ser mais gentil. Aos poucos, tenho entendido o quanto o corpo está integrado à minha essência e que ele é uma ferramenta fundamental para que eu atinja todos os meus objetivos aqui na Terra.

A alimentação é uma parte deste processo, e aos poucos venho melhorando meus padrões alimentares. É um trabalho lento e contínuo de renovar e manter os bons hábitos. E os exercícios físicos durante a minha segunda gestação estão me proporcionando uma experiência totalmente diferente do que foi a primeira: sinto pouca (quase nenhuma) dor nas costas, continuo ágil e não inchei nada até agora (entrando no sétimo mês).

Percebo que até o formato da barriga está diferente. Claro que o fato de estar trabalhando em casa está ajudando demais, pois na gestação anterior eu trabalhava fora, sentada em uma cadeira de escritório (e no carro), num total de mais de 10 horas por dia.

Como já contei para vocês antes, duas ferramentas têm sido essenciais nesta gestação. Uma é a hidroginástica, que me dá mais “pique”, e outra é a Yoga para Gestantes, que me fortalece, alonga, e ao mesmo tempo me tranquiliza.

Fiquei encantada da primeira vez que a minha professora, Carla Andraus do YogaMom, ensinou um exercício muito simples para evitar o inchaço nas pernas. Ah, se eu soubesse disso na gravidez anterior, acredito que poderia ter sido bem diferente! Então hoje estou muito feliz por trazer para você um pouco deste conhecimento, para você poder praticar sozinha em casa agora mesmo, ou quando engravidar novamente.

Eu faço na prática na escola (vou 2 x por semana) e toda vez que percebo que as pernas estão ameaçando inchar. É bem mais eficaz do que colocar as pernas para cima, como eu fazia na gestação anterior. Espero que você goste e espalhe o conhecimento para as gestantes que conhecer.

Temos nas nossas mãos o poder de viver melhor, e o primeiro passo é amar os nossos corpinhos e não apenas o que tem dentro do coração e da cabeça.

Em breve postarei mais dicas práticas para as gestantes praticarem em casa!

Natalia

PARA ASSISTIR, CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO OU NO LINK https://youtu.be/3zlwcVbPS3g

yogamom-exercicio-pernas-inchadas

No Comments

Post a Comment