O que é BLW? E principalmente: por que BLW? | Maternamos
maternamos-blw-o-que-e-BLW-e-principalmente-por-que-BLW

O que é BLW? E principalmente: por que BLW?

Se você chegou até aqui, provavelmente já ouviu falar de BLW, mas minha profissão de jornalista não me permite pular esta parte: BLW é a sigla para Baby Led Weaning (Desmame Conduzido pelo Bebê), um método de introdução alimentar que se baseia na autonomia da criança e na crença de que seu corpinho é capaz de fazer uma auto-regulação alimentar, ou seja, saber o que precisa comer, quanto e quando.

Neste método, não são oferecidas papinhas ou alimentos amassados para o bebê. A proposta é que ele coma a mesma comida da família, desde que esta seja saudável. Então o que se propõe é oferecer os alimentos em formatos fáceis de manusear – como frutas e legumes cortados em formato de palito e carnes em tiras – e sem adição de sal ou açúcar. O BLW deve ser aplicado apenas em bebês a partir de 6 meses e que já consigam se sentar sem apoio.

A primeira palavra de ordem é “oferecer” comida, colocando os pedaços ao alcance da criança, e a segunda regra é “observar”, sem interferir no que ou quanto ela come. Na prática, isso significa que nas primeiras semanas ela não come quase nada, mas apenas explora, brinca e conhece os alimentos. Meu filho, por exemplo, mexia nas frutas mas não queria nem tocar nos demais alimentos durante o primeiro mês de BLW. No segundo mês, passou a experimentar quase tudo, mas não engolia praticamente nada (estamos nessa fase agora).

No momento em que escrevo ele tem quase oito meses e fica bastante tempo chupando carnes e frutas, mas não se interessa muito pelos legumes. Certamente o leite materno continua a ser seu principal alimento, mas é assim mesmo que deve ser até o primeiro ano de vida, então acredito que o saldo até o momento foi positivo. Por que?

Porque sinto que estou dando a oportunidade para meu filho aprender a comer, e não apenas “enchendo” a barriguinha dele. Este aprendizado significa observar os alimentos, escolher, levar à boca (ou não), mastigar e, um dia, engolir. Não é fácil esperar o tempo do bebê, mas para mim faz muito sentido respeitar o ritmo dele para comer, assim como esperei o momento em que ele ficou pronto para nascer e vou esperar ele andar, falar, crescer.

FIM

Comments ( 2 )

  • Daiane Gabriela Ribeiro

    Boa tarde Natália!
    Assisti sua aula sobre BLW no dia 06/10 e gostei muito! Meu nome é Daiane e sou mãe do Miguel de 10 meses. Por falta de informação comecei a introdução alimentar do meu filho pelo método tradicional, com papinhas e frutinhas amassadas. Porém de um tempo pra cá comecei a estudar mais sobre a maternidade e me deparei com o BLW. Achei muito interessante este “método” e me senti muito frustada por não saber disso antes. Minha questão é: será que ainda dá tempo de mudar essa história? Será que ainda consigo dar essa liberdade de escolha para o meu filho? Gostaria muito de ajuda e troca de informações neste momento de arrependimento e angústia por pensar que poderia ser uma mãe melhor para o meu filho.

    Obrigada!

    • maternamos
      Maternamos

      Oi Daiane! Não se sinta mal, eu tenho certeza de que vc fez o melhor que podia naquele momento, com as informaçoes que você tinha! Sobre mudar, eu acredito que sempre é tempo, você pode dar mais liberdade sim. Aos 10 meses meu filho estava apenas começando a comer então eu acho que você está super em tempo!!!! Beijos

Post a Comment